Qual a diferença entre Zika vírus, dengue e chikungunya

Uma das maiores dúvidas da população é justamente saber a diferença entre Zika vírus, dengue e chikungunya. Três doenças que são transmitidas pelo mesmo mosquito, o Aedes Aegypti. Elas são parecidas e necessitam de total atenção e tratamento. É importante ficar atento aos sintomas e em caso de dúvidas sempre procurar um hospital, posto de saúde, UPA ou qualquer outro tipo de atendimento médico.

Durante uma boa parte do ano de 2015, um verdadeiro surto de Zika atingiu muitas mulheres no país, inclusive durante a gravidez. Isto gerou muitos casos de microcefalia. Isto chamou a atenção das autoridades para finalmente aumentar o número de campanhas de combate ao mosquito que transmite a doença.

Será que estas mães hoje recebem a assistência devida? Provavelmente não.

Diferença entre Zika Vírus, dengue e chikungunya
O mosquito Aedes Aegypti é responsável pela transmissão de três doenças.

Diferença entre Zika, dengue e chikungunya

Apesar de serem transmitidas pelo mesmo mosquito, as doenças apresentam pequenas diferenças nos sintomas. No caso da dengue, a atenção ainda deve ser maior pois uma melhora súbita pode indicar dengue hemorrágica.

Sintomas do Zika vírus

Os principais sintomas do Zika são: dor de cabeça, dor muscular muito forte, olhos vermelhos, conjuntivite, aftas, febre baixa, dor nas costas e região lombar, sensibilidade a luz, coceira, dores fortes nas articulações, lesões vermelhas e brancas na pele.

Sintomas da dengue


A dengue causa tonturas, perda de peso, sangramento no nariz e gengiva (em caso de dengue hemorrágica), dor nas articulações e no corpo, fraqueza, febre muito alta, dor atrás dos olhos, náuseas e vômitos e manchas vermelhas na pele. Veja quais medicamentos não se deve tomar em caso de dengue.

Sintomas da Febre Chikungunya

A febre chikungunya é caracterizada por dores intensas nas articulações, principalmente nos pés e nas mãos. A pessoa também tem febre alta, conjuntivite, manchas vermelhas na pele, dores musculares intensas.

Como evitar todas estas doenças

A melhor maneira ainda é combatendo o mosquito. Se não há mosquito, não há transmissão de doenças. Fique de olho em pratos dos vasos de plantas, água parada em jardins ou quintais. Evite deixar objetos que possam acumular água como garrafas, bacias, pneus, tigelas, ou seja, tudo que pode acumular água. É importante sempre tirar ao menos 10 minutos por semana para procurar por possíveis criadouros na sua casa. Se cada um fizer a sua parte, é possível diminuir a quantidade de mosquitos e consequentemente todas as doenças transmitidas por eles.

É recomendado também o uso de repelentes, mas lembre-se que eles não fazem o trabalho sozinhos! Todos devem se conscientizar. Não deixe de usar repelentes que são recomendados pela ANVISA. Somente estes foram testados e não oferecem risco à saúde.

Agora que você já sabe qual a diferença entre Zika vírus, dengue e chikungunya, fique de olho nos sintomas e jamais use medicação por conta própria. Procure sempre um médico.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.