Quando chega a hora de alugar um imóvel, seja diretamente com o proprietário ou através de imobiliárias, a burocracia é muito grande. Com a crise, não é todo mundo que tem renda ou condições de arcar com o seguro fiança, que é um dinheiro que você acaba perdendo ao final do contrato. Ou então não consegue encontrar um fiador para ficar responsável por sua dívida. Por isso, o caução para aluguel pode ser a melhor alternativa para locação de imóveis.



O caução para aluguel ainda é uma modalidade de garantia muito utilizada nos contratos de locação feitos no país. Ele é uma maneira segura tanto para o locador como para o locatário. Também é bem mais “eficiente” que o seguro-fiança. Pois no final do contrato, caso não haja atraso nas mensalidades ou danos no imóvel, o valor é totalmente devolvido para a pessoa que realizou a locação do imóvel especificado no contrato.

Caução para aluguel

O que é o caução para aluguel?

Trata-se de um depósito feito como garantia de pagamento em contratos de locação. Geralmente o locatário deve depositar em uma conta específica o valor de dois a três aluguéis. Este valor fica como uma segurança para para o locador caso o locatário não honre com as parcelas do aluguel ou então faça danos ao imóvel.


Vantagens do caução para aluguel

Sem dúvida a maior vantagem do caução para aluguel é o fato do valor ser devolvido para o locatário no final do contrato. Ao contrário do seguro fiança, por exemplo, o dinheiro não fica “perdido”. A não ser claro, que você deixe de pagar alguma parcela ou danifique algo no imóvel.

Para o locatário, também facilita muito, pois há zero burocracia para receber o valor devido. O dinheiro estará disponível em conta a hora que for necessário.

Como funciona o pagamento do caução para aluguel

O pagamento deve ser feito no ato da assinatura do contrato. Ao apresentar os documentos necessários para alugar um imóvel. O locatário deve também apresentar um cheque ou realizar um depósito com o valor do caução combinado com o locador.

Deixe um Comentário