Como consultar a malha fina do Imposto de Renda

Sempre que alguém ouve o termo “malha fina” já fica preocupado. Afinal, é provável que tenha ocorrido algum problema com sua declaração de IRPF. Neste post, mostraremos como você pode consultar a malha fina do Imposto de Renda 2018 e fazer a retificação necessária.

Quem cai na malha fina, geralmente demora mais para receber a restituição do imposto de renda. É sempre importante fazer a conferência de todos os dados antes de fazer o envio da sua declaração.

O que é a Malha Fina?

Este e um termo usado pela Receita para o processo de verificação de inconsistências e irregularidades na declaração de imposto de renda de pessoas físicas e jurídicas. Funciona como uma espécie de “peneira” procurando encontrar informações divergentes, que podem impedir o pagamento de uma restituição ou provocar uma diferença no valor de imposto a pagar. Mas fique tranquilo, consultar a malha fina do Imposto de Renda não é das tarefas mais complicadas.

Principais causas para uma declaração cair na “malha fina”:

  • Divergências entre o imposto de renda retido na fonte informado na declaração e o que foi informado no DIRF.
  • Omissão de rendimentos do titular ou então de seus dependentes.
  • Deduções de previdência privada, dependentes, pensão alimentícia, despesas educacionais e médicas com indícios de irregularidades.

Leia também: Quem é obrigado a declarar Imposto de Renda

Como consultar a malha fina do Imposto de Renda em 2018

Quando uma declaração “cai” na malha fina, o contribuinte pode consultar qual é a pendência e retificar a declaração. Quando todas as pendências são resolvidas, ainda não existe prazo para pagamento da restituição.

O contribuinte precisa acessar o extrado do IRPF no Portal e-CAC e clicar em “Declaração IRPF”. Em seguida deve escolher o ano do exercício que pretende fazer a retificação e selecione “Pendência” no título “Serviços”.

Para ter acesso ao Portal e-CAC é necessário gerar um código de acesso e ter em mãos o número do recibo da declaração.

A declaração retida na Malha Fina tem informações incorretas

Neste caso, o contribuinte deve retificar a declaração corrigindo os erros que foram cometidos. Ela deve ser feita pela internet utilizado o programa da declaração.

A declaração retida na malha fina está correta e o contribuinte possui toda a documentação que pode comprovar as informações declaradas

Neste caso é possível solicitar a antecipação da análise da documentação que comprova as informações que estão com pendências. O contribuinte deve agendar dia e hora para apresentar os documentos na sede da Receita Federal da sua cidade. Este agendamento deve ser feito através do Portal e-CAC.

Ainda existe a possibilidade de aguardar a intimação ou a notificação de lançamento da Receita Federal para só então apresentar todos os documentos que comprovam as informações declaradas.

Calendário de pagamento da Restituição de Imposto de Renda em 2018

Como consultar a malha fina do Imposto de Renda

Caso você tenha restituição a receber, veja as datas de pagamento pela Receita em 2018:

  • 1° lote: Liberado em 15 de Junho de 2018
  • 2° lote: Liberado em 16 de Julho de 2018
  • 3° lote: Liberado em 15 de Agosto de 2018
  • 4° lote: Liberado em 17 de Setembro de 2018
  • 5° lote: Liberado em 15 de Outubro de 2018
  • 6° lote: Liberado em 16 de Novembro de 2018
  • 7° lote: Liberado em 17 de Dezembro de 2018

O valor é depositado na conta indicada pelo contribuinte na declaração de Imposto de Renda.

Não fique com pendências com a Receita Federal. O contribuinte fica sujeito à multas e ainda pode sofrer uma série de restrições.

1 Comentário